Segunda-feira, 20 Maio, 2024
Início » Sem dragagem regular o Porto da Beira não existe

Sem dragagem regular o Porto da Beira não existe

Por admin-sn
560 Visualizações

BELMIRO ADAMUGY

A necessidade aguça o engenho. Partindo desta base foi criada a Empresa Moçambicana de Dragagem (EMODRAGA), com o objectivo principal de garantir a conservação dos canais de acesso aos portos nacionais, bacias de manobra, ancoradouros e zonas de acostagem, com vista a torná-los navegáveis com segurança. Tutelada pelo Ministério dos Transportes e Comunicações, a empresa goza de autonomia patrimonial, financeira e administrativa. Com o “quartel-general” baseado na cidade da Beira, a empresa está, para além da dragagem, a abraçar outros projectos de importância vital para o desenvolvimento da província de Sofala. Actuando em áreas como obras hidráulicas, dragagem de construção e manutenção, extracção de areias e pesquisas hidrográficas e posicionamento, a EMODRAGA prepara-se para renovar o equipamento que usa, de modo a responder aos novos desafios. Socorrendo-se das dragas Tong Tan, esta subcontratada, Alcântara Santos, Aruângwa, a lancha hidrográfica Chiveve e o rebocador Chire, entre outros equipamentos, a empresa entra de peito aberto para o ano de 2024, alargando horizontes e perspectivando grandes vitórias. O “Notícias” conversou com o presidente do Conselho de Administração da EMODRAGA,  Domingos da Conceição Bié, para ter uma visão mais global do trabalho desenvolvido por aquela empresa. A conversa correu tranquilamente, porque os canais estavam devidamente dragados…

A EMODRAGA também “limpa” o porto

NOTÍCIAS (Not.) – Comecemos assim… qual é a função primária da EMODRAGA?

DOMINGOS BIÉ (DB) A EMODRAGA é uma empresa moçambicana de dragagem. Basicamente, a nossa missão e função é fazer a dragagem dos canais de acesso aos portos. Os canais têm um caminho, por onde as embarcações passam, e por estarmos em um porto junto aos desaguadores dos rios, ocorrem problemas de assoreamento. Os rios trazem sedimentos e praticamente fecham esses caminhos por onde os barcos devem passar. Então a nossa missão é exactamente manter aquele caminho sempre disponível. Nós não fazemos a limpeza do mar, dragamos.

banner

Not. – Quais os riscos que se correm se não houver dragagem?

Leia mais…

Artigos que também podes gostar

Propriedade da Sociedade do Notícias, SA

Direcção, Redacção e Oficinas

Rua Joe Slovo, 55 • C.Postal 327

Capa do dia