Segunda-feira, 20 Maio, 2024
Início » APROVADA ONTEM NO PARLAMENTO: Lei clarifica competências do CC e dos tribunais distritais

APROVADA ONTEM NO PARLAMENTO: Lei clarifica competências do CC e dos tribunais distritais

Por Jornal Notícias
735 Visualizações

A revisão da Lei de Eleição do Presidente da República e dos deputados da Assembleia da República clarifica as competências do Conselho Constitucional (CC) e dos tribunais judiciais de distrito em matéria de contencioso jurídico-eleitoral.

Com efeito, o dispositivo aprovado ontem, por consenso, pela Assembleia da República, estabelece que compete ao CC declarar a nulidade e ordenar a repetição das eleições.

Em relação aos tribunais judiciais de distrito, estes passam a ter o poder de ordenar a recontagem de votos das mesas onde tiverem sido detectadas irregularidades, competência que na lei actualmente em vigor é reservada exclusivamente à Comissão Nacional de Eleições e ao CC.

Aliás, a diferença na interpretação desta norma jurídica criou alguma polémica nas eleições autárquicas de Outubro de 2023, com o CC a chamar a si a responsabilidade exclusiva de mandar repetir o escrutínio.

banner

Esta celeuma foi causada pelo facto de alguns tribunais judiciais de distrito, com base na lei, terem anulado as eleições e mandado repetir o processo de votação, decisão que viria a ser invalidada pelo CC com o argumento de ser a instância única para dirimir o contencioso eleitoral.

Em raros casos de consensos entre as três bancadas parlamentares – Frelimo, Renamo e MDM – a lei aprovada traz várias inovações, sobretudo no que diz respeito às penas de prisão a serem aplicadas por cometimento de infracções.

Por exemplo, o dispositivo legal pune com pena de prisão de seis a 18 meses e multa de quatro a seis salários mínimos nacionais aquele que votar ou permitir que se vote mais de uma vez.

Leia mais…

Artigos que também podes gostar

Propriedade da Sociedade do Notícias, SA

Direcção, Redacção e Oficinas

Rua Joe Slovo, 55 • C.Postal 327

Capa do dia