Segunda-feira, 24 Junho, 2024
Início » DA CONSULTA À GRAMÁTICA: Mas, más e mais: qual é o termo correcto!

DA CONSULTA À GRAMÁTICA: Mas, más e mais: qual é o termo correcto!

Por Jornal Notícias
707 Visualizações

Delfina Mugabe 

Escreve um leitor assíduo da rubrica “Da Consulta à Gramática” e pergunta qual das três palavras é a correcta. Esta indagação vem, segundo ele, na sequência de uma mensagem que leu nas redes sociais, cujo teor passamos a citar, na íntegra: “os filhos são mas do pai ou da mãe”? 

Podemos afirmar que os três termos, “mas, más e mais”, estão correctos e existem na língua portuguesa. Porém, tendo em conta que têm sentidos diferentes, devem ser usados em contextos, também, distintos, tal como veremos logo a seguir. 

De acordo com o léxico da língua portuguesa, a palavra “mas” é, na maioria das vezes, uma conjunção adversativa, o que isso significa que indica a ideia de oposição, podendo ser substituída por outros termos, tais como “todavia, porém, contudo, entretanto”. Exemplos:

the_ad_group(621);

- A marta é estudiosa, mas reprovou nos exames finais;

 Passam cinco anos que o meu filho se recenseou para ingressar no exército, mas ainda não foi incorporado;

 O Nelson é o trabalhador mais faltoso da empresa, mas foi premiado pela direcção

Portanto, é neste sentido que se deve usar a palavra “mas”. No seu lugar, para evitar a repetição, pode se substituir por termo similar, tal como referimos:

- Convidei o João à minha cerimónia de graduação, porémnão apareceu. 

- O negócio informal é difícil, todavia não tenho alternativa, é a minha única fonte de sobrevivência.

- Tenho medo de animais selvagens, entretanto vivo no Parque da Gorongosa há 10 anos!

Quanto ao termo “mais” é um advérbio de intensidade ou conjunção aditiva. Isso significa que indica a soma ou o incremento da quantidade das coisas. Trata-se do antónimo da palavra “menos”. 

Geralmente é usada como advérbio de intensidade, contudo, dependendo da função que exerce na frase, este termo pode ser substantivo, preposição, pronome indefinido ou conjunção. Exemplos:

- Gostaria de visitar mais vezes os museus. Hoje aprendi bastante no Museu da Revolução;

- Isso é mais absurdo do que pensava!

- Próxima semana vou viajar com os meus meninos mais a babá.

O termo “más” – é o plural do adjectivo qualificativo “má”. Trata-se do sinónimo de mau, maldoso, etc., é o contrário de bondoso, generoso, etc.

- Essas meninas são muito más!

 Não deixo o meu bebé na creche, as educadoras são más!

 Actualmente vivemos num mundo de pessoas más!

Portanto, qual destas palavras devia ter sido usada na frase que o leitor nos enviou? – É o termo “mais” e não “mas”. Infelizmente, algumas pessoas que escrevem e partilham mensagens por meio das redes sociais não se preocupam com a inteligibilidade da informação e muito menos a pureza da língua. 

Analisando o sentido, percebe-se que o escrevente queria perguntar se “Os filhos são mais do pai ou da mãe?” – A resposta é: “são filhos do casal. Isto é, nem mais de um e nem menos do outro. Pai e mãe têm igual relevo na vida dos seus filhos. Ninguém é mais importante que o outro. 

Artigos que também podes gostar

Propriedade da Sociedade do Notícias, SA

Direcção, Redacção e Oficinas

Rua Joe Slovo, 55 • C.Postal 327

Capa do dia