Terça-feira, 28 Maio, 2024
Início » Três milhões de moçambicanos em insegurança alimentar

Três milhões de moçambicanos em insegurança alimentar

Por Juma Capela
459 Visualizações

A Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO, na sigla em inglês) estima que mais de três milhões de moçambicanos estejam em situação de insegurança alimentar aguda, sendo que a maioria dos afectando vive na província de Cabo Delgado.
Segundo um relatório da FAO, cerca de 2,6 milhões de moçambicanos estavam em situação de insegurança alimentar aguda entre Maio e Setembro e necessitavam “de assistência urgente”. Destes, 126.000 pessoas estavam na fase 4 do índice de Segurança Alimentar Integrada (IPC, na sigla em inglês), em situação de emergência, e os restantes 2,5 milhões na fase 3, em situação de crise.
O relatório acrescenta que de Outubro de 2023 a Março de 2024, cerca de 3,3 milhões de pessoas “enfrentam insegurança alimentar aguda ou superior” no país, equivalente à fase 3 do IPC, dos quais 220.000 pessoas na fase 4, de emergência.
“Representam 21% da população dos distritos mais afectados pelos choques [climáticos e ataques terroristas] em 2023”, aponta o relatório.

Leia mais…

Artigos que também podes gostar

Leave a Comment

Propriedade da Sociedade do Notícias, SA

Direcção, Redacção e Oficinas

Rua Joe Slovo, 55 • C.Postal 327

Capa do dia