Terça-feira, 23 Abril, 2024
Início » Rasto de destruição

Rasto de destruição

Por admin
187 Visualizações

CENTENAS de famílias desalojadas, cortes de estradas, tornando-as intransitáveis, postes de energia derrubados, aluimento de terras, tal é o cenário que se vive na zona do Grande Maputo, na sequência das chuvas diluvianas que “regam” desde domingo a esta região metropolitana.

Em bairros como Nkobe, Machava, Liberdade, Fomento, Patrice Lumumba, Infulene e Bunhiça, alguns residentes viram-se obrigados a abandonar as casas em busca de locais seguros. Houve ainda quem recorreu a baldes para retirar a água do interior das habitações e pátios, ou ainda a sacos de areia e outros materiais para travar a invasão pluvial.

No terreno, o cenário é simplesmente desolador. Nalguns quarteirões de Nkobe, Fomento e Liberdade a água tinha a altura de cerca de um metro. As vias foram tomadas por resíduos sólidos arrastados das valas de drenagem e lixeiras. A ausência nos postos de trabalho e estabelecimentos de ensino também foi notória devido à escassez de transporte.

Quem se arriscou a sair de casa teve de percorrer longas distâncias a pé para chegar ao destino. Foram abertos seis centros na Matola para acomodar os agregados afectados pela intempérie. No Instituto Industrial da Matola, por exemplo, até à tarde de ontem, 32 famílias, o equivalente a 128 pessoas, estavam a ser assistidas.

banner

Leia mais…

Artigos que também podes gostar

Propriedade da Sociedade do Notícias, SA

Direcção, Redacção e Oficinas

Rua Joe Slovo, 55 • C.Postal 327

Capa do dia