Terça-feira, 16 Julho, 2024
Início » A PARTIR DE QUINTA-FEIRA: Médicos ponderam paralisação laboral

A PARTIR DE QUINTA-FEIRA: Médicos ponderam paralisação laboral

Por admin-sn
1,1K Visualizações

OS profissionais de saúde ponderam nova paralisação laboral, com efeitos a partir de quinta-feira, reivindicando melhores condições de trabalho, correcção de irregularidades no enquadramento na Tabela Salarial Única (TSU) e pagamento de subsídios de turno e horas extras.

Em comunicado de imprensa, enviado ontem ao “Notícias”, a Associação dos Profissionais de Saúde Unidos de Moçambique (APSUSM) refere não ter havido avanços nas negociações que decorriam desde Agosto último com o Governo. O documento, assinado pelo respectivo presidente, Anselmo Muchave, indica que os subsídios de turno e de risco e outros abonos foram pagos a um grupo de técnicos de saúde “em detrimento de outros”.

O grupo pede ainda a diminuição do desconto imputado ao funcionário estudante, quer em tempo parcial quer inteiro, bem como a disponibilização, nas unidades sanitárias, de material médico-cirúrgico e apetrechamento dos blocos operatórios.

“Não há medicamentos para tratar as doenças mais comuns, luvas, máscaras, seringas e agulhas cateteres, reagentes, comida para os doentes. Diariamente aumenta o número de unidades sanitárias sem electricidade resultante dos cortes em decorrência das dívidas”, refere a agremiação.

Leia mais…

Artigos que também podes gostar

Propriedade da Sociedade do Notícias, SA

Direcção, Redacção e Oficinas

Rua Joe Slovo, 55 • C.Postal 327

Capa do dia