Sexta-feira, 24 Maio, 2024
Início » ACIDENTES DE VIAÇÃO: Maioria dos sinistrados continua em recuperação

ACIDENTES DE VIAÇÃO: Maioria dos sinistrados continua em recuperação

Por Jornal Notícias
558 Visualizações

PELO menos 72 pessoas por cada cem mil habitantes morreram entre 2022 e 2023 vítimas de acidentes de viação no país e outras 616 sofreram lesões, ligeiras e graves, sendo que a maioria dos sobreviventes teve sequelas permanentes, que incluem dores crónicas e o trauma emocional.

O número de acidentes fatais é mais elevado na área urbana, com 90 mortes por cem mil habitantes, contra 62 da zona rural, sendo que a província da Zambézia é que registou mais casos ao nível nacional. 

Aliás, entre os meios que mais estiveram envolvidos em sinistros destacam-se, em primeiro lugar, as motorizadas, seguidas por bicicletas e, por fim, carros.

Os dados constam do relatório do Inquérito Demográfico e de Saúde, cuja versão final foi publicada ontem pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), Ministério da Saúde (MISAU), Instituto Nacional de Saúde (INS) e parceiros.

banner

O documento indica que o número de mortes ou feridos devido a acidentes de viação é mais elevado nos homens, o que corresponde a 668 por cem mil habitantes, facto que pode ter concorrido para o agravamento da vulnerabilidade dos seus dependentes.

No que concerne ao tipo de lesões, aponta-se que a as vítimas sofreram cortes ou feridas abertas e fracturas ósseas.

Artigos que também podes gostar

Propriedade da Sociedade do Notícias, SA

Direcção, Redacção e Oficinas

Rua Joe Slovo, 55 • C.Postal 327

Capa do dia