Quarta-feira, 19 Junho, 2024
Início » CAMPANHA 2023-2024: Subsídio evita queda acentuada do algodão

CAMPANHA 2023-2024: Subsídio evita queda acentuada do algodão

Por Jornal Notícias
913 Visualizações

O PREÇO do algodão-caroço a vigorar na presente campanha de comercialização registará uma redução de três meticais por quilograma, uma tendência influenciada pelo excesso de produção no mercado internacional desta cultura de rendimento.

Num encontro realizado ontem em Maputo entre os representantes do Fórum Nacional dos Produtores do Algodão (FONPA) e da Associação Algodoeira de Moçambique (AAM), sob supervisão do Ministério da Agricultura e Desenvolvimento Rural, as partes entenderam que o algodão de primeira deverá custar 30 meticais por quilograma e 22 o de segunda.

O preço poderia estar ainda mais baixo não fosse a compensação de cinco meticais que deverá ser assegurada pelo Governo para apoiar milhares de agricultores e incentivar a continuidade da produção do algodão no país. No passado, o produto foi comercializado a 33 meticais por quilograma.

“Hoje é possível anunciar que o preço será de 30 meticais, mas 25 seria o real. Há um subsídio de cinco meticais já aprovado pelo Conselho de Ministros, mas que vai merecer a sua aprovação final na próxima sessão”, explicou o ministro da Agricultura e Desenvolvimento Rural, Celso Correia, durante a reunião de negociação do preço mínimo do algodão-caroço e a taxa de descaroçamento no país.

banner

Leia mais…

Artigos que também podes gostar

Propriedade da Sociedade do Notícias, SA

Direcção, Redacção e Oficinas

Rua Joe Slovo, 55 • C.Postal 327

Capa do dia