Domingo, 23 Junho, 2024
Início » JOÃO QUEHÁ E SANTOS MABUNDA: Mostra relaciona “Vozes e Caminhos”

JOÃO QUEHÁ E SANTOS MABUNDA: Mostra relaciona “Vozes e Caminhos”

Por Jornal Notícias
584 Visualizações

IMAGINAÇÃO e reflexão sobre pessoas, expressão de sentimentos e a ligação com a natureza dão razão à exposição “Entre Vozes e Caminhos”, dos artistas plásticos João Quehá e Santos Mabunda a ser inaugurada hoje na Fundação Fernando Leite Couto (FFLC), cidade de Maputo.

Nas obras que nos apresentam na galeria do FFLC, há uma mistura de técnicas e simbolismos que remetem à paixão que os artistas têm pelo processo de criação, onde há uma transfiguração do belo e dos seus significados.

Juntos, Santos Mabunda e João Quehá traçam uma linha que liga os trabalhos dos dois artistas que são uma referência nas artes plásticas contemporâneas, sendo igualmente um desfile da mestria dada pelos anos de aperfeiçoamento.

João Paulo Quehá nasceu em Maputo, em 1975. Frequentou o 5.º ano de Gráficas na Escola Nacional de Artes Visuais e é membro do Núcleo de Arte. Iniciou a sua vida artística em 1991 no atelier do artista Tinga e Samate Mulungo.

the_ad_group(621);

A sua colecção está patente de forma permanente em países como Zimbabwe, África do Sul, Europa, China, EUA, Brasil e Timor-Leste.

Santos Mabunda, também nascido em Maputo em 1982, formou-se em Electricidade Industrial no Centro de Formação Metalomecânica em 2001 e também formou-se em Têxteis na Escola Nacional de Artes Visuais.

Trabalhou como monitor no UNIDOS – Rede Nacional contra a Droga. Iniciou a sua carreira artística em 2003 e tem vindo a Participar em várias exposições.

Actualmente, e para além do seu trabalho artístico em permanente criação, Santos é voluntário como Professor de Pintura e Desenho para crianças e adolescentes no centro infantil Flori, em Maputo.

Leia mais…

Artigos que também podes gostar

Propriedade da Sociedade do Notícias, SA

Direcção, Redacção e Oficinas

Rua Joe Slovo, 55 • C.Postal 327

Capa do dia