Segunda-feira, 20 Maio, 2024
Início » DÍVIDAS NÃO DECLARADAS: Sentença de Londres lida em cinco meses

DÍVIDAS NÃO DECLARADAS: Sentença de Londres lida em cinco meses

Por admin-sn
155 Visualizações

O TRIBUNAL Superior de Londres que julga o caso sobre pagamento de subornos para a viabilização dos empréstimos ilegais à PROINDICUS, MAM e EMATUM precisa de pelo menos cinco meses para proferir a sentença.  

A produção da prova encerrou a 21 de Dezembro, tendo como acusados principais o grupo naval Privinvest, o proprietário, Iskandar Safa, e o seu gestor sénior Jean Boustani.

O juiz Robin Knowles disse que, devido à complexidade do processo, três a cinco meses é tempo razoável para formular o juízo final.

Nas alegações finais deste processo, Moçambique exigiu 3,1 mil milhões de dólares ao grupo naval Privinvest e ao seu proprietário, Iskandar Safa, por danos, compensação e indemnização no âmbito do caso das dívidas ilegais.

banner

Ao ser interrogado, Iskandar Safa negou a sua participação nos subornos, responsabilizando Jean Boustani, que, por sua vez, admitiu ter efectuado vários pagamentos a diferentes entidades e individualidades, mas que o dinheiro tinha em vista investimentos em Moçambique.

Leia mais…

Artigos que também podes gostar

Leave a Comment

Propriedade da Sociedade do Notícias, SA

Direcção, Redacção e Oficinas

Rua Joe Slovo, 55 • C.Postal 327

Capa do dia