Segunda-feira, 27 Maio, 2024
Início » Diário do CAN:  O cavalo branco de Abidjan

Diário do CAN:  O cavalo branco de Abidjan

Por admin-sn
479 Visualizações

ALMIRO SANTOS

Pergunta prévia. De que cor era o cavalo branco de Napoleão?

BOM, enquanto exercitam o intelecto com esta tarja bastante antiga, vamos contar a história de hoje, cujo personagem é precisamente um cavalo branco. Vimo-lo no exuberante Palácio da Cultura, em Abidjan, vagando no imenso pátio daquela prodigiosa obra arquitectónica erguida por combinação de um acordo qualquer que o então presidente costa-marfinense, Félix Houphouet-Boigny, assinou com os chineses.

O alazão relinchou quando nos viu, batendo com os cascos no chão, sinal de que não estava para fazer amizades, ainda por cima com dois indivíduos metidos a besta que pareciam ser jornalistas moçambicanos. À cautela, perguntámos ao jovem, que parecia ser o tratador, se podíamos passar sem correr o risco de levar um coice do equídeo pouco amistoso, e o mesmo assentiu, garantindo que o cavalo era dócil.

banner

É claro que a garantia do tratador não era para levar assim tão a sério, pelo menos a ponto de o Gil Carvalho, num acto de bravura, querer montar o bicho mal-humorado aqui em descrição.

Leia mais…

Artigos que também podes gostar

Propriedade da Sociedade do Notícias, SA

Direcção, Redacção e Oficinas

Rua Joe Slovo, 55 • C.Postal 327

Capa do dia