Segunda-feira, 24 Junho, 2024
Início » UNIVERSIDADE PEDAGÓGICA: Atraso dos subsídios leva bolseiros à greve

UNIVERSIDADE PEDAGÓGICA: Atraso dos subsídios leva bolseiros à greve

Por admin-sn
656 Visualizações

UM total de 135 estudantes bolseiros da Universidade Pedagógica de Maputo (UP) está com os subsídios atrasados, situação que levou o grupo a se manifestar no campus universitário desta instituição de ensino superior.

Discentes ouvidos pelo “Notícias”, reclamam o pagamento dos subsídios de bolsas de estudos referentes aos anos 2023 e 2024, totalizando seis meses.

Segundo referiram, a situação é do conhecimento da reitoria que imputa a demora no desembolso dos fundos ao Ministério da Economia e Finanças (MEF).

A vice-reitora da universidade, Marisa Mendonça, esclareceu que as bolsas são atribuídas com base no desembolso feito pelo MEF que, entretanto, ainda não as canalizou.

the_ad_group(621);

Mendonça referiu que a instituição recebeu, em 2023, verba para os subsídios de Janeiro a Setembro, tendo ficado por pagar os meses subsequentes.

“Requeremos ao ministério a libertação de fundos para o pagamento dos três meses supracitados e não foi desembolsado. Por isso, não tínhamos como pagar”, disse.

Acrescentou que, a 5 de Janeiro último, foi feita outra solicitação ao MEF para o mesmo propósito e, até ao momento, não teve desfecho.

Para o presente ano académico, a instituição prevê receber 15 milhões para atribuição ou renovação de bolsas de estudo, um aumento se comparado aos sete milhões disponibilizados em 2023.

Leia mais…

Artigos que também podes gostar

Propriedade da Sociedade do Notícias, SA

Direcção, Redacção e Oficinas

Rua Joe Slovo, 55 • C.Postal 327

Capa do dia