Terça-feira, 28 Maio, 2024
Início » REFLEXÕES DA MUVALINDA: Sair da zona de conforto

REFLEXÕES DA MUVALINDA: Sair da zona de conforto

Por Jornal Notícias
1,1K Visualizações

Cândida Muvale*

PODEMOS definir zona de conforto como um estado mental em que a pessoa se sente segura e confortável, geralmente evitando situações que possam causar stress, ansiedade ou desconforto.
Na zona de conforto sentimo-nos seguros, sem enfrentar desafios ou riscos. É como uma bolha que nos impede de crescer e evoluir. Sair dela pode ser assustador, mas é necessário para alcançar novas conquistas e experiências enriquecedoras.

Estou neste momento a desafiar-me a sair da zona de conforto numa das esferas da vida; estou a atravessar momentos de muitas incertezas, dúvidas, ansiedade e medo. Não sei se vou dar conta dos desafios que me aguardam, e muitas vezes penso em abrir mão e desistir.
Crescer dói, é desconfortável e cansativo, porém necessário e pertinente. Espero num futuro breve contar aos meus queridos leitores sobre os novos desafios que estou para abraçar com sentimento de satisfação por ter conseguido sair da zona de conforto.

Só o facto de ter decidido desafiar-me é um ganho imensurável, pois antes nem cogitava a ideia de sair de onde estou super bem e demasiadamente confortável.
A verdade é que ficar na zona de conforto pode levar à estagnação pessoal e profissional, limitando o crescimento, a aprendizagem e o desenvolvimento. Pode impedir alguém de alcançar seu potencial máximo, explorar novas oportunidades e expandir seus horizontes. Isso pode resultar em falta de realização e até mesmo arrependimento no futuro. Enquanto que os desafios permitem crescer, aprender coisas novas e descobrir o verdadeiro potencial.

banner

É pensando nos ganhos que irei aceitar e abraçar o desconforto, não tenho uma bola de cristal para ver para onde a curto e longo prazo esta decisão me levará, mas, de certeza, não me irá deixar no mesmo lugar. E por mais que eu fracasse, irei de certeza sair diferente desta experiência, pois, de certeza, sentir-me-ei capaz de me desafiar mais.


Creio que consegui atiçar a vossa curiosidade em relação à zona de conforto que a Muvalinda sairá, relaxem em tempo oportuno saberão porque irei me encarregar de contar aqui nas Reflexões da Muvalinda. Por agora o que posso adiantar é que Deus tem cuidado de mim e do processo ao mínimo detalhe, conto com o apoio directo e indirecto de pessoas que não imaginava, e algumas nem sabem que estão a ajudar-me, dentre elas leitores que se dão tempo de, além de ler, me enviar feedbacks dos textos que publico através do meu email: muvalecandida94@gmail.com. E já agora se quiseres ser essa pessoa que ajuda, envie a tua opinião sincera sobre esta nossa coluna. Desde já agradeço.

Para terminar, um versículo bíblico que tanto gosto e creio que pode ser usado para reflectir a ideia de sair da zona de conforto: é o Filipenses 4:13: “Tudo posso naquele que me fortalece”. Esse versículo encoraja os fiéis a confiarem na força de Deus para enfrentar desafios e sair da zona de conforto, confiando na sua orientação e capacitação. Peço a Deus para continuar a fortalecer-nos diariamente. Amém

  • Psicóloga e Activista Social

Leia mais…

Artigos que também podes gostar

Propriedade da Sociedade do Notícias, SA

Direcção, Redacção e Oficinas

Rua Joe Slovo, 55 • C.Postal 327

Capa do dia