Domingo, 23 Junho, 2024
Início » Professores aceitam publicar resultados na “Fernando Matavele”

Professores aceitam publicar resultados na “Fernando Matavele”

Por Jornal Notícias
1,1K Visualizações

Os professores da Escola Secundária Fernando Matavele, no distrito de Mandlakazi, província de Gaza, aceitaram publicar os resultados do aproveitamento pedagógico do 1.º trimestre.
Até semana passada, os docentes condicionavam a divulgação das notas ao pagamento dos honorários em dívida, referentes às horas extraordinárias dos anos 2022, 2023 e dos primeiros três meses do ano em curso.
Para os docentes da secundária “Fernando Matavele”, não havia justificação para a demora no pagamento das horas extraordinárias, uma vez que, segundo eles, o Ministério de Economia e Finanças, havia validado o valor, há dois meses.
Segundo dados apurados pelo “Notícias” na Escola Secundária “Fernando Matavele”, o processo de conselho de avaliação só arrancou na segunda semana de interrupção, após vários encontros com a direcção da escola, e terminado ao longo do fim-de-semana que antecede o início do segundo trimestre.

Consta que os professores aceitaram publicar os resultados de aproveitamento pedagógico, enquanto aguardavam pelo pagamento dos valores em dívida, mas recusam-se a fazer horas extraordinárias, no 2º trimestre que iniciou hoje.
Contactada a pronunciar-se sobre os factos, Raqueligia Jorge, porta-voz da Direcção Provincial de Educação e Desenvolvimento Humano em Gaza, qualificou de legítima a reclamação dos professores.
˝Dos encontros havidos, os professores aceitaram retomar às actividades lectivas, embora haja um e outro, que ainda mostra alguma resistência”- explicou Jorge.
A fonte assegurou que existem escolas da província, onde as dívidas foram saldadas, e isso tem estado a criar algum sentimento de descontentamento daquelas que ainda não receberam o dinheiro.

Leia mais…

Artigos que também podes gostar

Propriedade da Sociedade do Notícias, SA

Direcção, Redacção e Oficinas

Rua Joe Slovo, 55 • C.Postal 327

Capa do dia