Segunda-feira, 24 Junho, 2024
Início » VALE DO ZAMBEZE: Janela de financiamento estimula agro-negócios

VALE DO ZAMBEZE: Janela de financiamento estimula agro-negócios

Por Jornal Notícias
1,2K Visualizações

EMPREENDEDORES rurais do vale do Zambeze envolvidos na cadeia de valor de hortícolas, fruteiras, leguminosas, pecuária e piscicultura vão beneficiar de financiamento para assegurar a produção comercial e abastecerem a região centro do país e não só.

A oportunidade resulta do lançamento, ontem, do Projecto de Produção Agro-alimentar Orientada para o Mercado no Vale do Zambeze (PROMEZA), numa cerimónia presidida pelo Chefe do Estado, Filipe Nyusi, na vila municipal de Chitima, distrito de Cahora Bassa, em Tete.

Este programa será implementado até 2026 pela Agência de Desenvolvimento do Vale do Zambeze (AdZ), com o apoio da Hidroeléctrica de Cahora Bassa (HCB), que disponibilizou 450 milhões de meticais para o efeito, no quadro da sua responsabilidade de promover o desenvolvimento.

“Vamos abraçar e acarinhar este projecto, porque é de capital importância para ligar a produção, processamento e o mercado, gerando renda para os participantes económicos, para além de reforçar e ser a extensão de outros programas que o Governo está a levar avante para estimular a produção e propiciar a elevação das cadeias de valor na agricultura”, orientou.

the_ad_group(621);

O PROMEZA iniciou a sua fase-piloto em Outubro de 2023, etapa que vai até Setembro de 2024. É implementado na vila de Chitima, em Cahora Bassa, Boroma e Matambo, em Marara, em Tete, assim como Serra Shoa, em Báruè, Matsinho e Vanduzi, em Manica.

Leia mais…

Artigos que também podes gostar

Propriedade da Sociedade do Notícias, SA

Direcção, Redacção e Oficinas

Rua Joe Slovo, 55 • C.Postal 327

Capa do dia