Quinta-feira, 30 Maio, 2024
Início » Alertas sobre aumento de instalações de drogas

Alertas sobre aumento de instalações de drogas

Por admin-sn
515 Visualizações

O PRESIDENTE do Tribunal Supremo, Adelino Muchanga, alerta sobre o aumento de percursores de drogas em Moçambique, o que se pode ilustrar com a frequência da detecção e desmantelamento de instalações de produção de estupefacientes no país.

A título de exemplo, só em 2022 o Serviço Nacional de Investigação Criminal descobriu e encerrou, em todo o país, três unidades de produção de drogas.

Falando na abertura do Conselho Judicial, que decorreu ontem no Niassa, Adelino Muchanga referiu que Moçambique apreendeu em 2022 1149kg de substâncias narcóticas.

Segundo Muchanga, a oferta da cocaína, uma das drogas pesadas, tem vindo a subir, influenciada pelo aumento da sua produção e transformação de coca em hidrocloreto de cocaína.

banner

Do lado da oferta, Adelino Muchanga afirmou que em Moçambique registou-se um aumento nas quantidades de cocaína apreendidas entre 2020 e 2021 na ordem de 150 por cento.

Aliás, recorde-se, em Abril de 2023 as autoridades moçambicanas apreenderam 42 quilogramas de cocaína, numa altura em que o país é tido como ponto de trânsito-chave no âmbito da chamada “Rota do Sul” também de tráfico de heroína.

Dados dos últimos anos mostram um aumento da heroína apreendida, passando de 143kg em 2020 para 750kg em 2021, uma subida em 428 por cento.

“Iniciámos o ano de 2024 com uma apreensão de 472 quilos de heroína na Ilha de Moçambique. Só esta apreensão supera o total da heroína apreendida em 2020. Nas drogas pesadas temos igualmente a mentafetamina. Moçambique está a registar um crescimento significativo do tráfico desta droga, de 25kg em 2020 para 1500 em 2021.

Leia mais…

Artigos que também podes gostar

Propriedade da Sociedade do Notícias, SA

Direcção, Redacção e Oficinas

Rua Joe Slovo, 55 • C.Postal 327

Capa do dia