Segunda-feira, 20 Maio, 2024
Início » Crescimento demográfico afecta abastecimento de água

Crescimento demográfico afecta abastecimento de água

Por admin-sn
230 Visualizações

O CRESCIMENTO demográfico que a cidade da Beira regista está a pressionar a infra-estrutura de distribuição de água potável, afectando os consumidores das zonas de expansão e dos bairros de Macurungo, Manganhe, Estoril, Macúti, Chota, Ndunda, Manga-Mungassa, Manga-Loforte, entre outros que perfazem uma população de mais de 50 mil consumidores.

As autoridades municipais estão cientes deste grande desafio e, de acordo com o vereador da área institucional, José Manuel, a situação está a atingir níveis críticos, obrigando os consumidores a percorrerem longas distâncias para a obtenção deste recurso.

Apontou que a falta de pressão no fornecimento de água e o número reduzido de centros distribuidores constituem as causas da deficiente assistência aos utentes, numa altura em que Beira regista um intenso êxodo rural das províncias circunvizinhas, sobretudo da Zambézia.

Porém, a fonte reconheceu o esforço da Águas da Região do Centro e do Banco Mundial na melhoria do fornecimento do líquido para consumo, particularmente na cidade da Beira.

banner

Mesmo assim, a falta de água continua grave, sobretudo nas zonas de expansão daquela urbe, destacando-se Estoril, onde afecta vários condomínios, e o novo hospital privado, que neste momento está completamente desprovido do recurso, apesar de ter sistema de abastecimento já canalizado.

Leia mais…

Artigos que também podes gostar

Propriedade da Sociedade do Notícias, SA

Direcção, Redacção e Oficinas

Rua Joe Slovo, 55 • C.Postal 327

Capa do dia