Quinta-feira, 30 Maio, 2024
Início » Cegos ainda têm limitações no acesso ao emprego

Cegos ainda têm limitações no acesso ao emprego

Por Issa Likwembe
140 Visualizações

A INTEGRAÇÃO de pessoas com deficiência visual, com destaque para acesso ao emprego, continua um desafio para os jovens formados na cidade da Beira e em Sofala, no geral, segundo avançou o delegado da Associação dos Cegos e Amblíopes de Moçambique (ACAMO), José Salifo, por ocasião da passagem do Dia Internacional da Grafia Braile, que se assinala anualmente a 4 de Janeiro.

 Em entrevista ao “Notícias”, Salifo destacou que alguns dos jovens com problemas de empregabilidade têm formação superior.

“Nós estamos a ter grandes dificuldades. Cinco  jovens que terminaram a licenciatura nas áreas sociais ainda não têm emprego, sobretudo tendo em conta que um dos ministérios que mais contrata é o da Educação e a maior parte dos nossos colegas se forma em docência”, disse o delegado.

O responsável da ACAMO em Sofala explicou que o braile é uma ferramenta essencial para que as pessoas com deficiência visual possam ter acesso à educação e formação.

banner

Explicou que, antes da descoberta e introdução desta grafia, notava-se claramente a exclusão desta camada, pois não era possível ter uma educação e formação académica como  actualmente.

“A grafia braile representa para nós um sinal de independência, inclusão e participação activa da pessoa com deficiência visual na vida da sociedade, tendo como base a leitura e escrita”, explicou.

Leia mais…

Artigos que também podes gostar

Leave a Comment

Propriedade da Sociedade do Notícias, SA

Direcção, Redacção e Oficinas

Rua Joe Slovo, 55 • C.Postal 327

Capa do dia