Sexta-feira, 21 Junho, 2024
Início » IMUNDÍCIE NOS MERCADOS: Saúde pública em perigo

IMUNDÍCIE NOS MERCADOS: Saúde pública em perigo

Por admin-sn
782 Visualizações

HORÁCIO JOÃO

A ACENTUADA degradação do sistema de saneamento básico nos mercados da cidade da Beira, sobretudo nos bairros de Cerâmica, Maquinino e Goto, está a constituir risco para a saúde e para a vida dos vendedores e consumidores, com a falta de água para a higiene individual e colectiva, e a deficiente recolha de lixo.

Outra situação anormal, que aumenta o perigo de contaminação por doenças naqueles locais, é a falta de sanitários públicos. Os vendedores Razão Herculano e Anima Afonso, da Cerâmica, afirmaram que para satisfazerem as suas necessidades fisiológicas recorrem às árvores e à vegetação próxima. No Mercado do Maquinino apurámos, juntos de Manuel Charles e Paulina Bernardo, que a maior preocupação vai para a falta de água nos lavabos públicos.

Os cenários são agravados pelo deficiente saneamento do meio, sendo visíveis moscas em todos os lados, associados ao mau cheiro, entre outros males, que tornam a vida difícil tanto para os vendedores como para os seus clientes.

the_ad_group(621);

Alimentos de consumo imediato e refeições são vendidos em locais sem o mínimo de higiene, em recintos que ainda se deparam com a falta de cobertura nos pavilhões, em consequência da passagem do ciclone tropical Idai, em Março de 2019.

Leia mais…

Artigos que também podes gostar

Propriedade da Sociedade do Notícias, SA

Direcção, Redacção e Oficinas

Rua Joe Slovo, 55 • C.Postal 327

Capa do dia