Domingo, 14 Julho, 2024
Início » SNJ lamenta morte de Manuel Tomé

SNJ lamenta morte de Manuel Tomé

Por admin-sn
1,3K Visualizações

O Sindicato Nacional de Jornalistas (SNJ) lamenta a morte, hoje na cidade de Maputo, de Manuel Tomé, vítima de doença.
Antigo secretário-geral da Organização Nacional de Jornalistas (ONJ), que deu origem ao actual Sindicato Nacional de Jornalistas (SNJ), Manuel Jorge Tomé foi jornalista de profissão, antes de abraçar a política activa.
Foi o segundo secretário-geral da história da ONJ (criada a 11 de Abril de 1978), tendo sido eleito no decurso da II Conferência Nacional, realizada em Maputo em Agosto de 1986. Desempenhou as funções até 1991.
Em representação da ONJ, Tomé foi eleito vice-presidente e, posteriormente, presidente da então Organização Internacional de Jornalistas.
Nascido a 20 de Novembro de 1952, em Chimoio, província de Manica, Manuel Tomé foi Chefe da Redacção do jornal Notícias e director-geral da Rádio Moçambique.
O SNJ refere, na missiva, que Manuel Tomé teve um papel fundamental na edificação dos alicerces da comunicação social moçambicana no pós-independência nacional.
“Neste momento de profunda mágoa, o Secretariado Executivo do SNJ, em nome dos restantes órgãos sociais e dos membros em geral, endereça as mais sentidas condolências à família enlutada, aos amigos e aos profissionais da comunicação social”.

Leia mais…

Artigos que também podes gostar

Propriedade da Sociedade do Notícias, SA

Direcção, Redacção e Oficinas

Rua Joe Slovo, 55 • C.Postal 327

Capa do dia