Director: Lázaro Manhiça

A Sociedade do Notícias, SA comunica que, na madrugada de ontem, 25 de Novembro, registou-se uma avaria grossa na máquina rotativa destinada àimpressão de jornais. Pelo facto, a edição impressa do matutino Notícias saiu tarde à rua. Entretanto, os seus conteúdos estiveram disponíveis nas plataformas electrónicas.

A Sociedade do Notícias, SA lamenta profundamente o sucedido e pede compreensão de todos os seus leitores, em particular os do jornal impresso.

Comments
MAIS uma morte por covid-19 foi anunciada ontem (25) pelo MISAU, elevando o número de óbitos pela doença no país para 128, havendo ainda mais 71 casos de infecção pelo novo coronavírus.
 
A vítima mortal é uma mulher de 78 anos que esteve internada numa unidade hospitalar da cidade de Maputo, que morreu na terça-feira, refere-se na nota de actualização de dados sobre a pandemia distribuida pelo Ministério da Saúde (MISAU).
 
Com os 71 novos infectados registados nas últimas 24 horas, Moçambique contabiliza um total acumulado de 15.302 casos, 88% (13.459 pessoas) dos quais considerados recuperados.
 
Maputo, capital moçambicana, tem o maior número de infecções activas, com 1.514, seguida da província de Cabo Delgado, com 42 casos.

Taxa de recuperados atinge 88 por cento

O PAÍS está a registar um aumento da taxa de recuperação da Covid-19, situando-se neste momento em 88 por cento, apesar de o número de novas infecções continuar alto.

O comunicado do Ministério da Saúde (MISAU) de actualização da informação sobre a epidemia no contexto nacional e internacional indica que o país registou entre terça-feira e ontem 51 recuperações. Destes, 33 são da cidade de Maputo, 11 da província de Sofala, cinco de Inhambane e dois da província de Tete, levando assim para 13.459 o total de pacientes que se viram livres da doença desde o registo do primeiro caso da doença, em Março último.

Dos novos casos positivos, a maioria está na cidade de Maputo, com 38 casos, o correspondente a 53,5 por cento do total de episódios anunciadas ontem. Entre os novos episódios, consta uma criança menor de cinco anos e um indivíduo com idade acima dos 65 anos.

Assim, o país conta actualmente com 1.711 casos activos de Covid-19, com a capital do país a acolher 1.514 casos, seguindo de Cabo Delgado, com 42, e província de Maputo, com 32 casos.

Dada a situação, o Ministério da Saúde reitera a necessidade do cumprimento das medidas de prevenção da Covid-19, como a lavagem das mãos com água, o respeito do distanciamento social de pelo menos um metro e meio, assim como o uso correcto de máscaras de protecção facial.

Comments

PELO menos 5.520 profissionais, a diversos níveis, serão contratados para o sector da Saúde, no próximo ano, num esforço paulatino de aliviar a pressão sobre os actuais e melhorar a qualidade de serviço prestado aos utentes.

Os níveis de admissões previstos para 2021 vão superar os deste ano, em que foram abertas 4.846 vagas e de 2019, altura em que o Ministério da Saúde (MISAU) contratou 2.126 novos funcionários, entre pessoal de apoio e médicos.

Armindo Tiago, Ministro da Saúde, realçou que o Governo tem aumentado progressivamente as vagas no sector, apesar da imposição da contenção da despesa pública.

Paralelamente ao aumento no número de vagas, o governante referiu-se à criação de oportunidades de crescimento na carreira no sector, de contínua melhoria de condições de higiene e segurança no trabalho, bem como do reconhecimento pelo desempenho através de prémios e distinções.

No que se refere especificamente aos médicos, o ministro, que falava na Assembleia da República (AR), disse que o Governo e Associação Médica de Moçambique estão em processo de operacionalização do Estatuto do Médico na Administração Pública, cuja lei é n° 25/2013, de 1 de Novembro, e o respectivo regulamento está no decreto n° 43/2014, de 29 de Agosto.

Ao que explicou, desde a aprovação dos instrumentos legais, o Governo vem implementando quatro dos oito direitos previstos, concretamente o bónus especial, subsídio de risco, renda de casa e subsídio de exclusividade.

Quanto ao que falta, garantiu que a diuturnidade especial será implementada de forma progressiva a partir do presente mês de Novembro e o trabalho extraordinário ilimitado no próximo mês.

Quanto ao bónus de rendibilidade, foram já criadas as condições técnicas no e-SISTAFE e será pago no próximo exercício económico, tomando em conta que é um suplemento associado ao resultado da avaliação de desempenho.

Também está em curso a regulamentação do seguro por riscos profissionais, cuja operacionalização está prevista para próximo ano, devendo ser accionado em situações de ocorrência de erro médico.

Comments

A Sociedade do Noticias, SA comunica que, na madrugada de hoje, 25 de Novembro corrente, registou-se uma avaria grossa na máquina rotativa destinada a impressão de jornais. Pelo facto, a edição impressa do matutino Notícias ainda não saiu àrua, estando apenas disponível nas plataformas electrónicas.

Entretanto, a equipa técnica de manutenção encontra-se a trabalhar no sentido de a breve trecho colmatar a situação.

A Sociedade do Notícias, SA lamenta profundamente a situação com a promessa de colocar ainda hoje o jornal na rua, e apela a compreensão de todos os seus leitores, em particular do jornal impresso.

 

 

Matola, 25 de Novembro de 2020

 

A direcção da Unidade Gráfica

Comments

UMA criança foi vítima de violação sexual a cada seis horas no país entre Janeiro e Setembro deste ano, afirma a organização não-governamental (ONG) World Vision-Moçambique, citando dados do Comando-Geral da Polícia da República de Moçambique (PRM).

"Essas informações são reveladoras de quão sinuoso é o caminho que o país ainda tem pela frente, numa altura em que acaba de ser assinalado o 31.º aniversário da Convenção dos Direitos da Criança", refere a organização, numa nota de imprensa divulgada na segunda-feira.

Segundo o documento, 99% das crianças vítimas de violação sexual são raparigas e o maior número de casos foi registado nas províncias de Maputo e Gaza e Nampula.

A ONG apela aospaís para que encontre estratégias para descobrir as "causas primárias da violência contra a criança", referindo que isso passa pela consolidação e implementação "sem contemplações" da legislação para a sua protecção, além da sensibilização e educação contínuas da sociedade.

"É indispensável que neste processo a participação e a voz da criança não sejam um dado adquirido, mas constituam um objectivo concreto a ser obrigatoriamente alcançado", acrescenta a nota.

A World Vision-Moçambique apontou ainda que os níveis de violência contra a criança, com destaque para violação sexual, aumentaram com a pandemia da Covid-19, em Gaza, Zambézia, Tete e Nampula, segundo resultados de um inquérito realizado nestas províncias.

"Mais do que nunca, este é o momento em que devemos colocar a protecção dos Direitos da Criança no centro do roteiro político global para uma melhor reconstrução", conclui.

Comments

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Júlio Manjate

Administrator: Rogério Sitoe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction