Domingo, 21 Julho, 2024
Início » Páscoa deve promover o amor

Páscoa deve promover o amor

Por admin-sn
897 Visualizações

A PÁSCOA, celebração cristã que decorre no domingo e inicia hoje com a Sexta-Feira Santa, é segundo o arcebispo da Beira, Dom Cláudio Dalla Zuanna, uma festa, mas não esconde as desgraças e dificuldades que vivemos; ainda assim, aponta o caminho para sairmos dessas misérias e mostra a luz da vida plena depois de tanto sofrimento, uma vida que nenhum mal pode apagar.

Falou também da violência em Cabo Delgado, que, para além de tirar vidas e destruir bens, provoca deslocações forçadas, medo e desconfiança no meio da população, faz as pessoas perderem esperanças de uma vida mais tranquila.

“A palavra festa poderia fazer-nos pensar num momento de descanso no meio de tantas dificuldades que fazem parte da nossa vida. Mas não é bem assim, porque o nosso país e o mundo inteiro, com as mudanças climáticas que arrastam consigo inundações e também a seca, devem convidar-nos para uma profunda reflexão sobre nós mesmos”, disse Dom Zuanna.

O arcebispo deixou também uma mensagem de conforto e esperança a todos os cristãos não só os da cidade da Beira, mas de todo o mundo, por ocasião da festa pascal, em que se celebra a paixão, morte e ressurreição de Jesus Cristo.

Acrescentou que Jesus Cristo enfrentou a injustiça, a tortura e a morte com as armas da verdade, da fidelidade, do perdão e da entrega de si mesmo em favor dos que o rejeitaram. “Devemos aprender do seu exemplo para acabarmos com as guerras no mundo”, disse o arcebispo da Beira, antes de acrescentar que “a Páscoa não tapa os males que nos apoquentam, mas ilumina-nos mostrando o caminho para se ultrapassar as dificuldades, praticar o bem, saber perdoar e promover a reconciliação “.

Leia mais…


Artigos que também podes gostar

Propriedade da Sociedade do Notícias, SA

Direcção, Redacção e Oficinas

Rua Joe Slovo, 55 • C.Postal 327

Capa do dia