A operadora de telefonia móvel Vodacom acaba de anunciar que os serviços de voz da sua rede passam, desde a última sexta-feira, a ser gratuitos na província de Sofala, a mais devastada pelo ciclone “Idai”.

A disponibilização do serviço gratuito neste ponto do país é uma das contribuições da Vodacom para as vítimas do ciclone, garantindo, deste modo, a fluidez da comunicação  tão  necessária neste período em que as pessoas estão sedentas de contacto com os seus familiares, amigos, parceiros de negócio e não só.

Esta oferta permite que os clientes da Vodacom possam fazer chamadas dentro da sua rede, a partir da província de Sofala, mesmo sem crédito, e, caso tenha saldo do crédito principal, as chamadas não serão cobradas. No entanto, caso o cliente tenha bónus ou jackpot, este será usado primeiro.

Como consequência dos trabalhos em curso, na sexta-feira, a companhia conseguiu restaurar a rede de voz (2G/3G) em alguns bairros da cidade da Beira, nomeadamente, Munhava, Maquinino, Ponta-Gêa, Palmeiras, Estoril, Manga, Chaimite, Matacuane e Aeroporto, incluindo os distritos de Nhamatanda, Mafambisse, Tica e Inhamizua

Neste momento, diversas equipas da empresa continuam a trabalhar no terreno com vista à restauração, o mais breve possível, do sistema de comunicação em toda a extensão territorial da província de Sofala, com destaque para a cidade da Beira.

Nas restantes províncias do centro de Moçambique, nomeadamente Tete, Manica e Zambézia, a rede foi restabelecida, sendo já possível estabelecer qualquer ligação usando a rede da Vodacom, e  internet via WI-FIpara uso dos clientes e do público em geral, de forma gratuita.

Comments

A Hidroeléctrica de Cahora Bassa está a descarregar, desde quinta-feira última, dois mil metros cúbicos de água por segundo, para aliviar a infra-estrutura, situada na província de Tete.

Espera-se que o escoamento alcance o máximo de três mil e duzentos metros cúbicos por segundo, hoje, segunda-feira.

O director da Administração Regional de Águas do Zambeze, Custódio Vicente, aponta os distritos de Doa e Mutarara, em Tete; Tambara, em Manica; Caia, Chemba e Marromeu, em Sofala;  Mopeia e Luabo, na Zambézia, como as regiões em risco de serem inundadas.

Em face da situação, a ARA-Zambeze apela à população ribeirinha a abandonar as zonas de risco.

Comments

A empresa Electricidade de Moçambique iniciou na semana passada a reposição da corrente eléctrica nas províncias de Sofala e Manica, duramente afectadas pelo ciclone “Idai”, que provocou à interrupção do fornecimento deste recurso.

A informação foi dada ontem, na cidade da Beira, pelo director regional-centro da empresa Electricidade de Moçambique, Garrido Alberto.

“Estamos, de uma forma gradual, a alimentar os clientes, mas sempre tendo em conta aquilo que é a segurança das pessoas e instalações. Onde a rede e as instalações de utilização dos nossos clientes estão preparadas é para lá onde nós alimentamos. Queríamos, mais uma vez, apelar às pessoas para que revisitem as suas instalações, de tal modo que no momento do restabelecimento não tenhamos mais danos”, disse.

(Notícias/RM)

Comments

Doze dias depois do fatídico ciclone tropical “Idai” está a perder-se a esperança de resgatar os 60 cidadãos desaparecidos nos rios Lucite e Mussapa, em Dombe, na província de Manica. O governador Manuel Rodrigues admitiu que, a medir pela forma como o facto ocorreu, “alguns desaparecidos terão perecido e, eventualmente, não mais poderão voltar ao convívio familiar”. Leia mais

Comments

A OPERADORA de Manutenção das Estradas do Zambeze iniciou o trabalho de manutenção de rotina dos principais eixos rodoviários da rede concessionada à Estradas do Zambeze, ao longo do corredor rodoviário da província de Tete. Leia mais

Comments

Subcategorias

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction