Terça-feira, 23 Julho, 2024
Início » FACE AO EL NIÑO: Camponeses devem apostar nas zonas baixas e margens

FACE AO EL NIÑO: Camponeses devem apostar nas zonas baixas e margens

Por admin-sn
355 Visualizações

OS pequenos produtores da província de Maputo são recomendados a concentrar o cultivo nas margens dos rios e zonas baixas para fazer face à seca que se faz sentir no Sul e Centro do país, devido ao impacto do El Niño.

O posicionamento é do governador da província de Maputo, Manuel Tule, que falava há dias aos técnicos da Direcção Provincial da Agricultura e Pescas.

O dirigente considera que, numa altura em que as culturas de sequeiro estão severamente afectadas pelo calor intenso, produzir nas margens dos rios pode ser alternativa para reduzir perdas e evitar bolsas de fome na região.

Tule encorajou, ainda, o sector a trabalhar em coordenação com a Indústria e Comércio para flexibilizar a instalação do mercado abastecedor, com objectivo de garantir que o produtor se preocupe exclusivamente em cultivar a terra.

Na campanha agrícola 2022/2023 a província registou um crescimento de dois por cento, apesar das inundações, que devastaram 105,6 mil hectares, o que, segundo o Eexecutivo, revela um bom desempenho, aliado à produção de carnes vermelhas e de frango, dos quais Maputo contribui em cerca de 50 por cento a nível nacional.

Sobre a seca no Sul do país, está em vigor, desde terça-feira, o alerta laranja, mecanismo institucional que permite a monitoria para evitar possíveis danos decorrentes das calamidades, uma decisão tomada pelo Governo durante a 5.ª Sessão Ordinária do Conselho de Ministros.

Leia mais…

Artigos que também podes gostar

Propriedade da Sociedade do Notícias, SA

Direcção, Redacção e Oficinas

Rua Joe Slovo, 55 • C.Postal 327

Capa do dia