Domingo, 14 Julho, 2024
Início » BRANQUEAMENTO DE CAPITAIS: Reforçadas medidas de combate ao crime

BRANQUEAMENTO DE CAPITAIS: Reforçadas medidas de combate ao crime

Por admin-sn
1,1K Visualizações

O CONSELHO de Ministros aprovou ontem, em Maputo, um decreto que atribui mais competências ao Gabinete de Informação Financeira de Moçambique (GIFIM), no quadro do combate ao branqueamento de capitais.

O instrumento dá ao GIFIM o mandato que lhe possibilita defender o país dos crimes de financiamento ao terrorismo e proliferação de armas de destruição em massa, aliás, medida que concorre para retirar o país da “lista cinzenta”. O facto foi tornado público pelo porta-voz do Governo, Filimão Suaze, no fim da VIII Sessão Ordinária do Conselho de Ministros.

Segundo Suaze, o decreto ora aprovado visa ajustar a instituição aos instrumentos operacionais sobre o combate ao branqueamento de capitais, financiamento do terrorismo e da proliferação de armas de destruição em massa, tendo como objecto a recolha, recepção, solicitação, centralização, análise e disseminação às autoridades judiciais, policiais, de investigação, de supervisão e fiscalização de informações respeitantes a operações económico-financeiras susceptíveis de consubstanciar outros crimes conexos.

Ainda no quadro do combate ao crime, o ministro do Interior, Pascoal Ronda, referiu-se, por seu turno, aos raptos no país, desafiando a Polícia a estancar este mal. Mas para tal, segundo indicou, há necessidade de mais investimento na capacitação humana e em meios tecnológicos não só para a Polícia como também para as instituições de investigação criminal e outras.

Leia mais…

Artigos que também podes gostar

Propriedade da Sociedade do Notícias, SA

Direcção, Redacção e Oficinas

Rua Joe Slovo, 55 • C.Postal 327

Capa do dia