Domingo, 14 Julho, 2024
Início » MUTHIANA SLAM: Maputo acolhe campeonato feminino de poesia falada

MUTHIANA SLAM: Maputo acolhe campeonato feminino de poesia falada

Por admin-sn
441 Visualizações

REALIZA-SE hoje, no Instituto Guimarães Rosa, na cidade de Maputo, a segunda edição do “Muthiana Slam: Campeonato feminino de poesia falada”.

A competição de poesia para mulheres é organizada pela Elarte Produções, co-fundada pela poeta moçambicana Lorna Zita.

Lorna Zita é conhecida nos slams (campeonatos de poesia falada) brasileiros, tendo ganho várias edições virtuais durante a pandemia do novo coronavírus, incluindo o Slam Paraná 2021, que lhe garantiu vaga para participar do Slam BR.

No circuito da poesia falada, o Brasil destaca-se entre os falantes da língua portuguesa, influenciando e dialogando com poetas e produtores culturais de slams. No caso de Moçambique, além de Lorna Zita, mais outros dois moçambicanos fazem parte da antologia do Slam da Guilhermina de São Paulo de 2021, nomeadamente Neide Sigaúque e César Victorino.

Desde 2018, a brasileira Miriane Peregrino, da Faculdade de Letras da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), acompanha o movimento dos slams nos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP).

A sua pesquisa foi realizada presencialmente em Moçambique e Angola, em 2018 e este ano e em Cabo Verde e Guiné-Bissau, em 2022, no âmbito do projecto de pesquisa “A expansão dos campeonatos de poetry slam em países de língua portuguesa”, desenvolvido com apoio da FAPERJ e da UFRJ.

Através da pesquisa, Peregrino destaca a importância das iniciativas locais de estimulo à participação de mulheres nos eventos de poetry slam, respectivamente, “Muhatu batalha feminina de spoken word” (Luanda) e “Muthiana Slam” (Maputo).

“Muthiana Slam”

Artigos que também podes gostar

Propriedade da Sociedade do Notícias, SA

Direcção, Redacção e Oficinas

Rua Joe Slovo, 55 • C.Postal 327

Capa do dia